A homofobia de Bolsonaro e os relatos dos jornais: não tomar posição também é tomar posição

Publicado originalmente por objETHOS. Na última quinta-feira (25), o presidente Jair Bolsonaro censurou uma campanha publicitária do Banco do Brasil direcionada ao público jovem que apostava na diversidade para atrair novos potenciais clientes. A peça, de 30 segundos, mostrava pessoas negras, LGBTs e tatuadas (apesar da proibição, ela foi abundantemente replicada na internet, e pode […]

O post A homofobia de Bolsonaro e os relatos dos jornais: não tomar posição também é tomar posição apareceu primeiro em Observatório da Imprensa.

Veja mais...