Imigrantes investiram R$ 1,5 bi no Brasil em sete anos

Imigrantes de várias nacionalidades investiram mais de R$ 1,5 bilhão no Brasil entre os anos de 2011 e 2018. A informação foi obtida por especialistas do Observatório das Migrações Internacionais (OBMigra) e consta de um relatório sobre os fluxos migratórios que o Ministério da Justiça e Segurança Pública divulgou ontem (22). Segundo o coordenador científico do observatório, o professor do Departamento de Estudos Latino-Americanos da Universidade de Brasília, Leonardo Cavalcanti, em apenas sete anos, os imigrantes investiram R$ 1.565.245.869,00 em negócios no Brasil. Dinheiro integralmente captado no exterior e alocado…

Veja mais...

Trump: EUA divulgará mais detalhes sobre acordo com México

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse neste domingo (9) que seu governo divulgará mais detalhes sobre seu acordo com o México. A declaração desmente notícias de que não houve novos compromissos importantes feitos pelo México para conter um fluxo de imigrantes da América Central na fronteira sul dos EUA. “O México não estava cooperando na fronteira e agora tenho plena confiança, especialmente depois de falar com o presidente deles ontem, de que eles serão muito cooperativos e querem fazer seu trabalho corretamente”, disse Trump, por meio de sua…

Veja mais...

Ensino superior oferece meditação para ajudar na formação de alunos

Duas sessões diárias de cerca de 15 minutos de olhos fechados prestando atenção no que acontece na mente e no corpo, deixando de lado o restante do mundo, são suficientes para melhorar a concentração, a criatividade e a capacidade de tomar decisões, de acordo com o diretor da Sociedade Internacional de Meditação do Rio de Janeiro, Klebér Tani. Em busca desses benefícios para estudantes e professores, instituições de ensino superior recorrem a cursos de meditação e incentivam a prática no ambiente acadêmico. Tani aplica no Brasil as técnicas da meditação…

Veja mais...

Líder da Áustria pede eleições antecipadas após escândalo

Reuters/Leonhard Foeger/Direitos Reservados

O chanceler federal da Áustria, Sebastian Kurz, anunciou neste sábado (18) que decidiu dissolver sua coalizão de governo e pediu que sejam realizadas eleições antecipadas no país, após um escândalo ter levado à renúncia de seu vice, Heinz-Christian Strache, horas antes. Em pronunciamento na televisão, Kurz disse que pediu ao presidente austríaco, Alexander Van de Bellen, para que definisse uma data para as novas eleições “o mais cedo possível”. Strache, líder do ultradireitista Partido da Liberdade (FPÖ), renunciou hoje ao cargo depois de a imprensa alemã ter revelado um vídeo…

Veja mais...

Após reabertura da fronteira, 893 venezuelanos entraram no Brasil

Marcelo Camargo/Agência Brasil

A Operação Acolhida registrou ontem (10) a entrada de 893 venezuelanos no Brasil, após a decisão do governo do presidente Nicolás Maduro de reabrir a fronteira com a Venezuela. Com a reabertura, muitos venezuelanos também aproveitaram para comprar alimentos em Pacaraima (RR), cidade brasileira mais próxima da fronteira entre os dois países.  Desde o início da crise migratória na Venezuela, as Forças Armadas, que comanda a operação, mantém um Posto de Recepção e Identificação na fronteira, onde os venezuelanos que chegam passam por uma triagem, recebem assistência médica, são vacinados…

Veja mais...

Espaço de cultura judaica reabre biblioteca fechada por 40 anos

Rovena Rosa/Agência Brasil

Após quase 40 anos fechada, a biblioteca da Casa do Povo, espaço de cultura e resistência judaica na região central de São Paulo, será reaberta hoje (11). O local foi fundado em 1946, no bairro do Bom Retiro, por imigrantes e refugiados vindos da Europa Oriental. Grande parte dos livros que formam o acervo do centro cultural também vieram nessa época, muitos em ídiche, língua próxima do alemão, mas que usa o alfabeto hebraico. A coleção que foi se formando ao longo do tempo com doações da comunidade e acervos…

Veja mais...

Vice-ministro anuncia reabertura da fronteira entre Brasil e Venezuela

Marcelo Camargo/Agência Brasil

O governo venezuelano anunciou, hoje (10), a intenção de reabrir a fronteira do Brasil com a Venezuela. A medida foi anunciada pelo vice-presidente de Economia, Tareck El Aissami, que também informou que as fronteiras entre a Venezuela e Colômbia permanecerão fechadas. Segundo o Núcleo de Policiamento e Fiscalização da Superintendência da Polícia Rodoviária Federal em Roraima, até as 15 horas, o tráfego de veículos continuava retido e não havia nenhuma comunicação oficial ao órgão, que está com efetivo rotineiro a postos na BR-174. Além de voltar a liberar o tráfego…

Veja mais...

Operação Acolhida atende 848 venezuelanos em Pacaraima

O Posto de Recepção e Identificação montado pela Força-Tarefa Logística Humanitária para o Estado de Roraima – Operação Acolhida, em Pacaraima (RR), recebeu ontem (30) 848 venezuelanos. Além dos 848 venezuelanos que ingressaram no Brasil, outros 88 deixaram o país, totalizando 936 atendimentos no posto de recepção da Operação Acolhida. Dos venezuelanos que chegaram ao Brasil, 129 pediram refúgio, 175 visto para residência temporária e 508 tiveram que ser vacinados antes de serem autorizadas a ingressar em território brasileiro. Segundo as Forças Armadas, houve um aumento expressivo no número de…

Veja mais...

Coletes amarelos fazem mais um protesto em Paris e vários são detidos

Reuters/Gonzalo Fuentes/Direitos Reservados

Pelo 23º sábado consecutivo, os coletes amarelos saíram à ruas para mais um protesto contra o governo francês. O grupo entrou em confronto com a polícia. De acordo com a RTP, uma centena de pessoas foram detidas este sábado (19) e a polícia usou gás lacrimogêneo para dispersar a multidão. A imprensa francesa informa que a circulação de metrô está interrompida em pelo menos seis estações. Várias ruas do centro de Paris também estão com tráfego restrito. Mais de 60 mil policiais foram mobilizados. A lista de reivindicações é ampla,…

Veja mais...

Mais de 100 pessoas são presas em protesto dos coletes amarelos

Pelo 23º sábado consecutivo, os coletes amarelos saíram à ruas para mais um protesto contra o governo francês. Houve confronto com a polícia. De acordo com a agência Deutsche Welle, os confrontos ocorreram após manifestantes vestidos de preto atiraram pedras em policiais e atearam fogo em motocicletas e latas de lixo no centro da cidade. A polícia usou gás lacrimogêneo para dispersar. Até o início da tarde, pelo menos 126 pessoas foram presas, 11 mil passaram por identificação, informou a promotoria de Paris. Segundo o Ministério francês do Interior, os protestos…

Veja mais...

Fechamento da fronteira com a Venezuela completa dois meses

O fechamento da fronteira do Brasil com a Venezuela completa dois meses neste domingo (21). Oficialmente, o tráfego de pessoas e veículos continua restrito. Na prática, contudo, venezuelanos têm se aventurado por rotas alternativas para transitar entre os dois países, carregando alimentos e outros produtos adquiridos do lado brasileiro. Ainda assim, os impactos econômicos e políticos são sentidos dos dois lados da fronteira terrestre. Segundo Abraão Oliveira da Silva, secretário de Educação de Pacaraima (RR), município brasileiro fronteiriço, os filhos de brasileiros que vivem na cidade venezuelana de Santa Elena de Uiarén…

Veja mais...

Tribunal suspende política de Trump sobre asilo

REUTERS/Jorge Cabrera/Direitos Reservados

Um tribunal dos Estados Unidos (EUA) suspendeu a política do governo americano de enviar ao México pessoas em busca de asilo, enquanto aguardam pela decisão de seus casos. Nessa segunda-feira (8), o tribunal distrital federal de San Francisco concedeu uma liminar, afirmando que a política carece de embasamento legal. Imigrantes hondurenhos – REUTERS/Jorge Cabrera/Direitos Reservados Segundo o juiz, a política de imigração vai contra compromissos legais de não enviar refugiados de volta a países em que a segurança e a liberdade deles não sejam asseguradas. A medida deve passar a…

Veja mais...

Secretária de Segurança Interna dos EUA pede demissão

A chefe do Departamento de Segurança Interna dos Estados Unidos, Kirstjen Nielsen, de 46 anos, pediu demissão. Ela ocupou três altos cargos no governo Donald Trump, desde janeiro de 2017. O pedido foi aceito. A renúncia de Nielsen ocorre no momento em que o presidente norte-americano expressa frustração com o aumento no número de migrantes que cruzam a fronteira do México com os Estados Unidos. Nas redes sociais, Nielsen agradeceu a Trump por ter feito parte de sua equipe. “Foi uma honra para toda a vida servir com os bravos…

Veja mais...

Polícia entra em confronto com imigrantes no norte da Grécia

O governo grego pediu hoje (6) que imigrantes e refugiados, entre afegãos, iranianos e paquistaneses, reunidos na fronteira com a Macedônia do Norte retornem aos acampamentos. Policiais entraram em confronto com o grupo que estava reunido em um campo da cidade de Diavata. O objetivo era atravessar ilegalmente a fronteira em direção ao norte da Europa. Em Atenas, outro grupo bloqueou trilhos da principal estação ferroviária de Atenas, Grécia. As reações ocorreram depois que policiais foram acionados para impedir a travessia. Na última sexta-feira (5), dezenas de manifestantes, incluindo crianças,…

Veja mais...

Empresas do Japão querem investir no Brasil, diz embaixador

Marcello Casal JrAgência Brasil

Na semana em que o presidente Jair Bolsonaro isentou os japoneses da exigência do visto de turismo e de negócios, o embaixador do Japão no Brasil, Akira Yamada, disse à Agência Brasil que aumentou o número de executivos japoneses interessados em vir para o país conhecer os projetos brasileiros e investir. Segundo ele, os investimentos estão atrelados às reformas da Previdência e Tributária em tramitação no Congresso Nacional. “O governo Bolsonaro está apenas começando, espero que o novo governo tenha uma política de liberação da economia e política de livre…

Veja mais...

Bolsonaro diz que Brasil não tem intenção de intervir na Venezuela

Em viagem a Santiago (Chile), o presidente Jair Bolsonaro reiterou o interesse do Brasil em estreitar relações com Chile, elogiou o presidente chileno, Sebastián Piñera, por sua liderança e ressaltou que não há intenção de intervir militarmente na Venezuela, que vive intensa crise política, econômica e social. As declarações foram concedidas durante entrevista exclusiva ontem (22) à TVN/24 horas, emissora pública de televisão chilena. A íntegra da entrevista, pouco mais de cinco minutos, em vídeo foi disponibilizada, mas não é possível ouvir o presidente em português. “Eu conheci Piñera no episódio dos…

Veja mais...

Chanceler descarta emprego das Forças Armadas na Venezuela

José Cruz/Agência Brasil

O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, afirmou hoje (20) que o governo do Brasil não trabalha com a possibilidade de emprego das Forças Armadas na Venezuela. A hipótese de intervenção militar no país vizinho foi descartada, anteriormente, pelo porta-voz da Presidência da República, Otávio do Rêgo Barros. “O Brasil tem capacidade de atuação sobretudo diplomática e política e nós vamos tentar usar ao máximo [esses instrumentos]”, disse o chanceler. A crise venezuelana atinge a economia, política e a área social. Para Araújo, “é preciso agir” no esforço de impedir o…

Veja mais...

Suspeito de ataque a mesquita na Nova Zelândia comparece a tribunal

REUTERS/SNPA/Martin Hunter

Um homem, acusado de ter conexão com os ataques a tiros a duas mesquitas na Nova Zelândia, compareceu a um tribunal neste sábado (16). Os atentados deixaram 49 mortos e cerca de 50 feridos. Mais dois suspeitos de ter participado dos ataques de sexta-feira, na parte central de Christchurch, também estão sob custódia. O juiz proferiu uma acusação de assassinato dirigida a Brenton Tarrant, cidadão australiano de 28 anos, que teria se mantido em silêncio. Nas redes sociais pertencentes a uma pessoa com o mesmo nome, tinha sido postada uma…

Veja mais...

Após massacre, premiê da Nova Zelândia promete mudar leis de armas

TVNZ/via REUTERS/direitos reserv

Após o atentado ontem (15) contra duas mesquitas em Christchurch, na Nova Zelândia, que deixou 49 mortos, a primeira-ministra do país, Jacinda Ardern, anunciou neste sábado (16) mudanças na legislação sobre armas. A premiê disse que o principal suspeito pelo ataque – o australiano Brenton Tarrant, de 28 anos – estava em posse de cinco armas, incluindo duas semiautomáticas e duas espingardas. As armas foram compradas depois que ele obteve a licença correspondente, em novembro de 2017. Segundo Ardern, algumas das armas foram modificadas para se tornarem ainda mais mortais.…

Veja mais...

Protestos de coletes amarelos são marcados por tumultos em Paris

REUTERS / Philippe Wojazer/ Direitos reservados

Vestindo os coletes amarelos pelos quais se tornaram conhecidos mundialmente, manifestantes franceses e imigrantes, que residem no país, voltaram hoje (16) às ruas de Paris e de outras cidades francesas. Este é o 18ª sábado desde o início das manifestações em novembro do ano passado. O movimento é heterogêneo e não tem um líder ou grupo à frente. A lista de reivindicações é ampla, incluindo tanto questões de proteção ambiental, como a demanda por melhorias salariais. Além disso, há, entre os manifestantes, representantes de setores da extrema direita que defendem teses anti-europeias. Vídeos compartilhados…

Veja mais...