Ministério lança campanha para incentivar doação de órgãos

O Ministério da Saúde lançou, hoje (27), data em que se celebra o Dia Nacional de Doação de Órgãos, a Campanha Nacional de Incentivo à Doação de Órgãos, que este ano tem como slogan A Vida Continua. Doe Órgãos. Converse com sua família. O lançamento ocorreu no Hospital do Rim e Hipertensão, em São Paulo, hospital que mais faz transplantes de rim em todo o mundo.   Segundo o ministro da Saúde interino, João Gabbardo, a campanha pretende “sensibilizar as famílias para que elas autorizem o transplante quando o seu…

Veja mais...

Bolsonaro sanciona com vetos lei que muda regras eleitorais

O presidente Jair Bolsonaro sancionou hoje (27), com vetos, o projeto que altera regras eleitorais (Projeto de Lei 5029/19). Com isso, as medidas já valerão para as eleições municipais de 2020. O Congresso Nacional ainda terá a possibilidade de apreciar os vetos na semana que vem, que poderão ser mantidos ou derrubados. O prazo final para isso ocorrer a tempo de valer para o ano que vem é o dia 4 de outubro, limite de um ano antes do pleito.  A versão do projeto que veio do Legislativo foi aprovada no último dia 18, pela…

Veja mais...

CMN permite liquidação antecipada de debêntures de infraestrutura

As empresas que captam recursos para financiar projetos de infraestrutura com isenção de Imposto de Renda poderão liquidar os títulos emitidos até oito anos antes do vencimento. O Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou resolução que regulamenta a liquidação antecipada de debêntures de infraestrutura. Segundo a Secretaria de Política Econômica (SPE), do Ministério da Economia, atualmente existem R$ 67,3 bilhões de debêntures incentivadas em circulação no mercado financeiro. A maior parte desse montante financia projetos de energia, com R$ 49,6 bilhões emitidos; seguido por empreendimentos em transporte e logística (R$ 15,6…

Veja mais...

Petrobras deixará de atuar em distribuição e transporte de gás

O Conselho de Administração da Petrobras aprovou a atualização das estratégias para seu novo plano, válido para o período de 2020 a 2024, que está em fase de elaboração e será integrado ao plano estratégico da empresa. O novo plano detalhará o planejamento operacional e financeiro para os próximos cinco anos e será divulgado ao mercado assim que for aprovado pelos órgãos da companhia. A Petrobras deixará de atuar integralmente na distribuição e transporte de gás e sairá também dos negócios de fertilizantes, distribuição de GLP e de biodiesel. O…

Veja mais...

BC reduz previsão de crescimento do crédito neste ano

O Banco Central (BC) reduziu a estimativa para o crescimento do saldo das operações de crédito de 6,5%, previsto em junho, para 5,7%, de acordo com o Relatório de Inflação, divulgado hoje (26). Segundo o relatório, essa redução é resultado da menor expectativa para o crédito a pessoas jurídicas (de crescimento de 2,5% para retração de 0,9%), parcialmente compensada pelo aumento na expansão esperada para pessoas físicas (de 9,7% para 11%). A redução na estimativa de crédito a pessoas jurídicas “foi majoritariamente determinada pela queda no segmento de recursos direcionados” (queda de 7%…

Veja mais...

Inflação está em níveis confortáveis, diz BC

A inflação, excluídos impactos temporários, está “em níveis confortáveis”, concluiu o Banco Central (BC) no Relatório de Inflação, divulgado hoje (26). No relatório, o BC apresenta vários cenários para a inflação. Para produzir esses cenários, o BC considera projeções para a taxa básica de juros, a Selic, e para o câmbio. No cenário com estimativas do mercado financeiro para as taxas Selic (5% ao ano no fim de 2019 e 2020) e de câmbio (R$ 3,90 no final deste ano e de 2020), a projeção indica que a inflação, medida…

Veja mais...

Percentual de municípios com museus e bibliotecas caiu em 4 anos

A presença de museus e bibliotecas em municípios brasileiros é menor do que há quatro anos. É o que revela a Pesquisa de Informações Básicas Municipais e Estaduais (Munic), divulgada hoje (25) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O órgão traçou um perfil dos municípios e estados do país em 2018, reunindo dados sobre recursos humanos, gestão, cultura, saúde, assistência social, segurança alimentar, política para mulheres, migração e outros. De acordo com o levantamento, no ano passado, 25,9% dos municípios do país possuíam museus. Em 2014, esse percentual…

Veja mais...

Copom diz que economia deve crescer ligeiramente no terceiro trimestre

Após expansão acima do esperado no segundo trimestre, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) estima que a economia deve apresentar ligeiro crescimento no terceiro trimestre. Essa é a conclusão do Copom, na ata da última reunião, divulgada hoje (24). “Os trimestres seguintes devem apresentar alguma aceleração, que deve ser reforçada pelos estímulos decorrentes da liberação de recursos do FGTS e PIS-PASEP – com impacto, em especial, no último trimestre de 2019”, disse o comitê. Ao excluir os efeitos desses estímulos temporários, o Copom acredita que o…

Veja mais...

Mercado espera que inflação de 2019 seja de 3,44%

Instituições financeiras reduziram, pela sétima vez seguida, a estimativa para a inflação neste ano. De acordo com pesquisa do Banco Central (BC) ao mercado financeiro, a previsão para a inflação, calculada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), deste vez, passou de 3,45% para 3,44%, em 2019. Para 2020, foi mantida em 3,80%. A previsão para os anos seguintes também não teve alterações: 3,75%, em 2021, e 3,50%, em 2022. As estimativas para 2019 e o próximo ano estão abaixo da meta de inflação que deve ser perseguida…

Veja mais...

Especialistas alertam para risco de pandemias globais

Estudo que aponta para o risco de pandemias globais de doenças graves como Ebola, influenza e a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS) será apresentado na Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), nesta terça-feira (22). O relatório A World At Risk (Um mundo em risco) é o primeiro documento anual elaborado pelo órgão independente Global Preparedness Monitoring Board – GPMB (Conselho de Monitoramento da Preparação Global). O órgão foi lançado em maio de 2018, pelo Banco Mundial e pela Organização Mundial da Saúde (OMS), e é formado por 15…

Veja mais...

Especialistas alertam sobre riscos de algoritmos para prever hábitos

Nos Estados Unidos, um cidadão entrou em um supermercado na cidade de Minneapolis para reclamar que sua filha adolescente estava recebendo propagandas para grávidas. Dias depois, o pai da garota se desculpou com o estabelecimento ao confirmar com a filha que ela realmente esperava um bebê. A história, revelada em reportagem do New York Times em 2012, foi retomada pelo professor da Ohio State Univerity Dennis Hirsch para ilustrar o poder de tecnologias de coleta e análise de dados (chamada em inglês de Big Data Analytics) utilizadas para prever comportamentos…

Veja mais...

Faculdades privadas têm que adaptar aulas para pessoas com deficiência

As faculdades privadas têm que adaptar suas aulas para pessoas com deficiência, oferecendo ensino em Língua Brasileira de Sinais (Libras) e braille. A decisão é do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), de acordo com a Advocacia-Geral da União (AGU), que confirmou a obrigatoriedade junto ao tribunal. A ação foi ajuizada pelo Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino do Estado de Santa Catarina (Sinepe/SC) na 3ª Vara Federal de Florianópolis. A entidade pleiteava que as faculdades fossem dispensadas da exigência e que eventual adaptação das aulas fosse custeada pelo aluno.…

Veja mais...

Entidades dizem que redução da Selic foi decisão acertada

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central decidiu hoje (18) reduzir a taxa básica de juros – a Selic – de 6% para 5,5% ao ano. A decisão atendeu ao que era esperado no mercado financeiro. Com a redução, a Selic chegou ao seu menor patamar histórico. Para a Confederação Nacional da Indústria (CNI), o Copom tomou uma decisão acertada ao reduzir a taxa de juros. Em nota, a entidade disse que foi uma decisão em um “movimento de continuidade à flexibilização monetária”. O presidente da CNI, Robson…

Veja mais...

Copom reduz Selic para 5,5% ao ano

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central decidiu hoje (18) reduzir a taxa básica de juros – a Selic – em 0,5 ponto percentual, com isso, a taxa cai de 6% para 5,5% ao ano. A decisão atendeu ao que era esperado no mercado financeiro. A última pesquisa do Banco Central mostrou que era expectativa do mercado que o Copom mantivesse o ciclo de redução na Selic e fizesse o corte. Segundo o Copom, a decisão é compatível com a convergência da inflação para a meta. Este ano…

Veja mais...

Brexit: Barnier pede que não se subestime efeitos de saída sem acordo

O negociador-chefe da União Europeia para o Brexit (a saída do Reino Unido da União Europeia), Michel Barnier, advertiu hoje (18) que não se deve subestimar as consequências “inumeráveis” de uma saída sem acordo. Ele pediu ao Reino Unido que apresente soluções alternativas ao “backstop” (salvaguarda) irlandês. Dirigindo-se aos eurodeputados, que hoje (18) debatem e votam resolução sobre o brexit, em Estrasburgo (França), Barnier recomendou que “ninguém subestime” as consequências de uma saída desordenada daquele país do bloco comunitário. “As consequências do Brexit não são teóricas, são inumeráveis e, muitas…

Veja mais...

Alcides Martins assume PGR e anuncia retorno de membros da Lava Jato

O vice-presidente do Conselho Superior do Ministério Público Federal (CSMPF), Alcides Martins, assumiu hoje (18), interinamente, a chefia da Procuradoria-Geral da República (PGR). O cargo foi transmitido por sua antecessora, Raquel Dodge, em cerimônia no plenário do colegiado que contou a presença do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Em sua primeira manifestação como procurador-geral, Martins anunciou o retorno, “em nome da continuidade”,  dos integrantes do grupo de trabalho da Lava Jato na PGR, que haviam deixados seus postos na reta final do mandato de Raquel Dodge por discordarem da…

Veja mais...

Começa hoje sexta reunião do ano do Copom; Selic deve cair 0,5 ponto

Começa hoje (17), em Brasília, a sexta reunião deste ano do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC), que vai definir a taxa básica de juros – a Selic. A reunião do Copom termina amanhã (18), quando o valor da Selic será anunciado. Segundo a última pesquisa do BC ao mercado financeiro, a expectativa é de que o Copom mantenha o ciclo de redução na Selic e faça mais um corte 0,5 ponto percentual na taxa, que atualmente está 6%, em momento de economia ainda em recuperação. A…

Veja mais...

ANP avalia que ataque à Arábia Saudita vai valorizar leilão do pré-sal

O diretor-geral da ANP, Décio Oddone, avalia que o ataque feito por drones no último sábado (14) a instalações de petróleo na Arábia Saudita vai aumentar o interesse de companhias estrangeiras do setor em participar dos leilões de petróleo no Brasil, programados para os meses de outubro e novembro. “Aumenta a percepção de risco no mercado de petróleo, o que deve se refletir nos preços, mesmo após a retomada plena do suprimento saudita, o que valoriza o pré-sal e os demais ativos brasileiros”, disse Oddone, por meio de nota divulgada…

Veja mais...

Mercado financeiro espera por redução da Selic para 5,5% ao ano

O mercado financeiro espera que a taxa básica de juros, a Selic, seja reduzida em 0,5 ponto percentual, dos atuais 6% ao ano para 5,5% ao ano, na reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC), marcada para esta terça e quarta-feira (18). A expectativa consta da pesquisa semanal do BC a instituições financeiras no Boletim Focus. Para o mercado financeiro, a Selic voltará a ser reduzida em 0,5 ponto percentual em outubro e permanecer em 5% ao ano na última reunião do ano marcada para dezembro.…

Veja mais...

Taxa básica de juros será definida nesta semana

A taxa básica de juros – a Selic – será definida na sexta reunião deste ano do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC), na próxima terça e quarta-feira (18). Segundo a última pesquisa do BC ao mercado financeiro, a expectativa é que o Copom faz mais um corte 0,5 ponto percentual na taxa, em momento de economia ainda em recuperação. A previsão do mercado financeiro para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), soma de todos os bens e serviços produzidos no país, é 0,87%, neste ano.…

Veja mais...