Rio de Janeiro está em estágio de mobilização por causa das chuvas

O município do Rio de Janeiro está em estágio de mobilização desde as 3h27 desta sexta-feira (17). O motivo é a previsão de chuva e ventos moderados e fortes. De acordo com o Centro de Operações (COR) da prefeitura, o estágio de mobilização é o segundo nível em uma escala de cinco e significa que há riscos de ocorrências de alto impacto na cidade. Se a situação se tornar mais grave poderá ocorrer nova mudança de estágio, informa o COR.

As temperaturas continuarão em declínio nas próximas horas, com mínima de 20º C prevista para o final da noite de hoje.

De acordo com o COR, às 10h50 a Rocinha e o Vidigal, na zona sul, e a Tijuca, na zona norte, eram os locais onde se registraram os maiores volumes de chuva em um período de 15 minutos.

A chuva que cai na cidade provocou vários pontos de alagamento causando dificuldades no trânsito. Na zona sul, os bolsões de água se formaram em bairros como a Lagoa, Botafogo, Copacabana e Gávea. Na zona oeste, na Barra da Tijuca e Santa Cruz. Na zona norte e houve alagamentos na Ilha do Governador.

A Companhia de Limpeza Urbana (Comlurb) está em vários pontos do Rio fazendo a desobstrução de bueiros para facilitar o escoamento da água.

Aeroportos

Os aeroportos Antônio Carlos Jobim/Galeão e Santos Dumont operam com o auxílio de instrumentos para pousos e decolagens.

Petrópolis

Apesar das pancadas de chuva na madrugada e manhã de hoje, a Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias de Petrópolis, na região serrana, não registrou ocorrências.

A previsão é de chuva para esta sexta-feira, e a Defesa Civil decidiu manter o estado de atenção

Maiores informações: http://agenciabrasil.ebc.com.br

Veja mais aqui...