Câmara faz homenagem aos 103 anos de nascimento de Ulysses Guimarães

A Câmara dos Deputados prestou homenagem aos 103 anos de nascimento do deputado Ulysses Guimarães, em sessão solene no plenário nesta segunda-feira (7). Ulysses Guimarães nasceu em 6 de outubro de 1916, em Rio Claro (SP). Ele morreu em 12 de outubro de 1992, vítima de acidente aéreo quando o helicóptero em que viajava de Angra dos Reis (RJ) para São Paulo caiu em alto-mar. Seu corpo nunca foi encontrado.

Pouco antes da sessão solene, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), inaugurou escultura de Ulysses Guimarães, no Salão Verde, na entrada do plenário que leva o nome do deputado morto aos 76 anos. Maia ressaltou a importância do político considerado “grande símbolo da Câmara dos Deputados e da Constituição Federal de 1988”.

Maia afirmou que Ulysses foi fundamental para a redemocratização do país e para a estabilização da democracia brasileira após o período do regime militar. “Nada mais do que justo que a gente possa fazer essa homenagem aqui hoje, junto com o MDB [partido de Ulysses], e que isso simbolize esse novo momento da política brasileira, o novo momento da democracia brasileira e que a Câmara se espelhe nesse espetacular exemplo do passado para que os parlamentares de hoje e do futuro tenham também o mesmo reconhecimento que o Parlamento teve no passado”.

Líder do MDB na Câmara e recém-eleito presidente nacional da legenda, o deputado Baleia Rossi (SP) lembrou momentos marcantes da carreira de Ulysses, que foi um dos destaques da campanha nacional pelas eleições diretas entre 1983 e 1984 e exerceu a presidência da Câmara dos Deputados e da Assembleia Nacional Constituinte quando promulgou a nova Carta Magna, conhecida como a Constituição Cidadã. “Neste Parlamento, ele fez história reafirmando o compromisso sempre com a democracia e com a justiça social”, disse o deputado.

Maiores informações: http://agenciabrasil.ebc.com.br

Veja mais aqui...