Jogos Escolares 2017 serão disputados até 25 de novembro em Brasília

A entrada é gratuita para o público em todos os locais de competição - Foto: Divulgação/ COB

Os Jogos Escolares da Juventude Brasília 2017 começaram, nessa quinta-feira (16), com abertura no Ginásio Nilson Nelson, e vão até 25 de novembro. Dez modalidades dão início às disputas nesta sexta-feira (17), com a participação de estudantes de 15 a 17 anos.

Os adolescentes buscarão medalhas em atletismo, badminton, ciclismo, judô, ginástica rítmica, luta olímpica, natação, tênis de mesa, vôlei de praia e xadrez. Na próxima terça, terão início os esportes coletivos, como basquete, futsal, handebol e vôlei. 

Campeões olímpicos como Sarah Menezes, do judô, e mundiais, como a também judoca Mayra Aguiar, já passaram pelos Jogos Escolares da Juventude. O público pode entrar gratuitamente em todos os espaços de competição.

Para o diretor geral dos Jogos Escolares e gerente geral de Juventude do Comitê Olímpico Brasileiro, Edgar Hubner, o esporte como ferramenta de transformação social é “o principal pilar dos Jogos Escolares”. “Hoje o evento está consolidado como referência internacional e tem a missão de inserir socialmente os jovens por meio do esporte”, acrescentou.

Os Jogos Escolares da Juventude são organizados e realizados pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB), co-realizados pelo Ministério do Esporte e pelo Grupo Globo, com patrocínio da Coca-Cola e apoio da Estácio e do Governo de Brasília.

Começo

A abertura do maior evento esportivo escolar do Brasil movimentou o ginásio Nilson Nelson nessa quinta-feira (16). Houve duas apresentações de dança. O espetáculo “Stam Show”, com passos de dança de rua, foi apresentado pelo grupo Tribos Urbanas, com mais de 20 membros, entre crianças, adolescentes, adultos e idosos. Já a Academia de Dança Bailacci realizou amostra coreográfica com profissionais de diferentes biotipos, desmistificando a ideia de que há um “corpo ideal para dançar”.

Houve o tradicional desfile das delegações, com as bandeiras dos 27 estados, além da equipe com seis atletas japoneses, do atletismo e da natação. Com sons de latas, tonéis, baldes, panelas e peças de automóveis, o grupo Patubatê entoou o Hino Nacional.

A jovem Ana Luiza Pereira França fez o juramento do atleta. Ela já disputou quatro edições dos Jogos Escolares e conquistou um ouro e duas pratas na luta olímpica.

 Embaixadores

Grandes atletas brasileiros atuarão como embaixadores na competição. Vão interagir com os atletas, entregar medalhas no pódio e ministrar palestras. Saiba quem são.

– Caio Bonfim (Atletismo)

– Vanderlei Cordeiro de Lima (Atletismo)

– Fabiana da Silva (Badminton)

– Kelly Santos (Basquete)

– Henrique Avancini (Ciclismo)

– Lenísio (Futsal)

– Francielly Machado (Ginástica rítmica)

– Silvia Helena Pitombeira (Handebol)

– Érika Miranda (Judô)

– Laís Nunes (Luta olímpica)

– Joanna Maranhão (Natação)

– Hugo Hoyama (Tênis de mesa)

– Helia Pinto/Fofão (Vôlei)

– Emanuel Rego (Vôlei de praia)

Fonte: Governo do Brasil, com informações da Rede Nacional do Esporte

Maiores informações: http://www.brasil.gov.br

Veja mais aqui...