Categorias
Banco Brasil Governo Tecnologia

Polícia usa sistema de reconhecimento facial no carnaval de São Paulo

A Polícia Civil de São Paulo vai usar, pela primeira vez no Carnaval paulistano, tecnologia de reconhecimento facial para identificar foragidos e pessoas desaparecidas. Desta vez, o sistema vai funcionar também em tempo real, com dezenas de câmeras espalhadas pela cidade identificando automaticamente essas pessoas no banco de dados da polícia, composto por mais de 32 milhões de faces.

O sistema de reconhecimento facial já existia, mas a identificação era feita de forma estática, por uma imagem que só depois era confrontada com o banco de dados. A partir de agora, isso se torna dinâmico, sendo feito em tempo real, automaticamente. O sistema capta as imagens e já as identifica imediatamente com o banco de dados.

Por motivo de segurança, a Polícia Civil não informou quantas câmeras estarão interligadas ao sistema, funcionando de forma online, e também não informou em quais locais exatos elas estarão posicionadas. Disse apenas que são dezenas e que haverá câmeras já trabalhando hoje (21), no Sambódromo. Também haverá o uso de drones em diversas partes da cidade monitorando o que está ocorrendo nos blocos. 

Segundo Caetano Paulo Filho, diretor do Departamento de Inteligência da Polícia Civil de São Paulo, o reconhecimento facial funciona bem, mas pode apresentar falhas. Por isso, o trabalho será desenvolvido em conjunto: além do trabalho na sala de situação que vai monitorar as câmeras, haverá policiais trabalhando nas ruas e em um laboratório biométrico. “Toda tecnologia pode ocasionar uma falha. Mas vamos trabalhar em conjunto com todos os agentes que estão in loco, no trabalho na rua. E aqui [na sala de situação) vamos estar recebendo as imagens e fazendo a confrontação na base. Vamos tentar diminuir ao mínimo possível a chance de alguma falha”, disse ele, em entrevista coletiva hoje.

Para garantir a privacidade das pessoas, ele informou que as fotos armazenadas no sistema serão identificadas por números. “A retaguarda aqui, no sistema de controle e no Instituto de Identificação Ricardo Gumbleton Daunt (IIRGD), é que fará a identificação efetivamente daquela pessoa que foi reconhecida por sua face”, explicou.

A intenção, disse o diretor, é usar esse sistema em diversos outros eventos e situações onde houver aglomerado de pessoais, tais como bailes funk e manifestações. “Em qualquer evento em que se venha a transcorrer contra a legalidade, nós vamos agir. Se alguém cometer algum ilícito que venha a comprometer a ordem pública, a polícia tem que agir”, disse Paulo Filho.

Além do apoio criminal, destacou o coronel José Roberto Rodrigues de Oliveira, secretário municipal de Segurança Urbana, o sistema irá ajudar, inclusive, no aspecto social. “A pessoa que estiver sem documento ou perdida ou que bebeu demais [em um bloco carnavalesco], será possível identificá-la por uma foto”, explicou. 

O governo de São Paulo estima que mais de 15 milhões de pessoas estarão participando do Carnaval na capital. Esse número representa um aumento de 25% em comparação ao ano passado. Além dos desfiles das escolas de samba no Sambódromo, que inicia hoje (21), 600 blocos devem passar pelas ruas da capital durante o Carnaval.  

Maiores informações: http://agenciabrasil.ebc.com.br

Categorias
Brasil Governo

EUA encerram embargo a carne bovina in natura do Brasil

Depois de mais de dois anos de embargo, os Estados Unidos liberaram as compras de carne bovina in natura do Brasil. O anúncio foi feito hoje (21) pela ministra da Agricultura, Tereza Cristina.

Hoje recebemos com satisfação uma notícia esperada por nós há algum tempo: a reabertura do mercado de carne bovina in natura do Brasil para os Estados Unidos. Uma ótima notícia porque isso traz a qualificação, a qualidade da carne brasileira reconhecida por um mercado tão importante como o mercado americano”, disse a ministra em vídeo postado na rede social Twitter.

A liberação ocorre semanas depois de uma visita de agentes sanitários norte-americanos ao Brasil. Durante a visita a Washington, em março do ano passado, o presidente Jair Bolsonaro havia pedido ao presidente Donald Trump o fim do embargo americano à carne bovina in natura brasileira. Uma missão técnica foi enviada pelo governo dos Estados Unidos em junho do ano passado, mas manteve o veto. No começo de 2020, outra comitiva de autoridades sanitárias voltou ao Brasil e anunciou que pretendia reabrir o mercado em breve.

carne2.jpg
Estados Unidos voltam a importar carne fresca brasileira – Divulgação/Abiec/Arquivo

Pouco depois da Operação Carne Fraca, que revelou esquema de adulteração em certificados da carne vendida no mercado interno, os Estados Unidos suspenderam a compra de carne fresca do Brasil, em junho de 2017. Na época, o governo norte-americano alegou abcessos no alimento causados pela vacinação contra febre aftosa. As exportações de carne industrializada não foram afetadas.

O governo brasileiro reduziu a dose da vacina e removeu as substâncias que provocavam os abcessos. Desde então, o Brasil estava esperando a liberação das exportações para os Estados Unidos. Em 2016, as vendas de carne bovina fresca brasileira para os Estados Unidos somaram US$ 284 milhões.

Maiores informações: http://agenciabrasil.ebc.com.br

Categorias
Brasil Governo

Em 48 horas, Ceará registra 51 assassinatos

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) do Ceará informou que, desde o início da paralisação de policiais e bombeiros militares no estado, no último dia 18, até quinta-feira (20), foram registrados um total de 51 assassinatos, uma média de 25,5 por dia, considerando um intervalo de 48 horas. 

Os crimes englobam casos que se enquadram como homicídio doloso, feminicídio, lesão corporal seguida de morte e latrocínio. Antes do motim de integrantes das forças de segurança estaduais, a média de assassinatos no Ceará era 6 por dia.  

Desde a manhã desta sexta-feira (21), militares das Forças Armada atuam no policiamento nas ruas e avenidas de Fortaleza. A presença de tropas federais foi uma solicitação do governador Camilo Santana ao governo federal, que decretou Garantia da Lei e da Ordem (GLO) no Ceará até o dia 28.

Também por solicitação do governo do Ceará, um contingente de 120 homens da Força Nacional de Segurança chegou ao estado para se somar ao efetivo de patrulhamento ostensivo. Eles permanecerão na região por 30 dias.

Maiores informações: http://agenciabrasil.ebc.com.br

Categorias
Brasil

Atacante Millene retorna ao Corinthians

Eleita a melhor jogadora do último Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino, do qual foi artilheira com 19 gols, Millene está de volta ao Corinthians. A atacante, que balançou as redes 34 vezes em 75 jogos pelo Timão nas duas últimas temporadas, teve o retorno anunciado nesta sexta-feira (21).

A jogadora de 25 anos chega por empréstimo, até o meio do ano, do Wuhan Xinjiyuan, da China – clube que cedeu a também atacante Bia Zaneratto ao Palmeiras, pelo mesmo período. O vínculo pode, eventualmente, ser estendido. Ela se apresenta na próxima semana para iniciar as avaliações físicas e médicas e começar a treinar com o elenco.

O Campeonato Chinês está sem previsão de retorno por causa do surto de coronavírus, com epicentro exatamente na cidade de Wuhan. Com isso, a equipe liberou suas atletas para buscarem novas equipes até a volta das atividades. Millene passou duas semanas de quarentena em um hospital de Lisboa, em Portugal. Os exames não encontraram nenhum indício de contaminação. Durante a quarentena, a atacante postou vídeos treinando. 

Embora mantivesse em sigilo a negociação, o Timão nutria esperanças de repatriar a atacante. Quando divulgou a numeração oficial do time feminino para 2020, a camisa 14 – que costumava ser a de Millene – estava sem dona. Pelo Alvinegro, a jogadora foi campeã nacional (2018), Paulista e da Libertadores (ambos em 2019).

“É muita alegria. Uma sensação indescritível tornar a vestir esse manto alvinegro. Fui muito feliz no Corinthians: conquistei títulos, marquei história com recordes coletivos e individuais. Volto à minha casa para rever a torcida mais apaixonada e Fiel que existe”, disse a atacante em depoimento ao site oficial do clube paulista.

Millene é o quarto reforço do Corinthians para a temporada. Além dela, o Timão acertou com a lateral Poliana e as meias Gabi Portilho e Andressinha. Com 100% de aproveitamento após três rodadas, as alvinegras dividem a liderança do Brasileirão com Santos e Ferroviária, ficando atrás dos rivais no saldo de gols.

Maiores informações: http://agenciabrasil.ebc.com.br

Categorias
Banco Brasil Financeiro Política

Dólar fecha próximo da estabilidade, mas volta a registrar recorde

Em alta pelo quinto dia seguido, o dólar voltou a fechar no maior valor nominal desde a criação do real. Nesta sexta-feira (21), o dólar comercial encerrou a sessão vendido a R$ 4,393, com pequena alta de R$ 0,001 (+0,04%).

A divisa operou em alta durante toda a sessão. Pressionada por grandes compradores que queriam antecipar pagamentos para o exterior antes do feriado de carnaval, a cotação chegou a atingir R$ 4,404 na máxima do dia, por volta das 9h30 da manhã. A divisa continuou a operar acima de R$ 4,40 até o início da tarde, quando desacelerou e caiu para R$ 4,37.

No restante da tarde, o dólar oscilou até fechar próximo da estabilidade. Desde o começo do ano, o dólar acumula valorização de 9,47%. O euro comercial fechou o dia vendido a R$ 4,763, com alta de 0,48%.

O Banco Central (BC) não tomou novas medidas para segurar a cotação. Hoje, a autoridade monetária leiloou US$ 650 milhões para rolar (renovar) contratos de swap cambial – que equivalem à venda de dólares no mercado futuro – com vencimento em abril. O leilão faz parte da rolagem de US$ 13 bilhões de swap que venceriam daqui a dois meses.

No mercado de ações, a sessão foi novamente marcada pela turbulência. O índice Ibovespa, da B3 (antiga Bolsa de Valores de São Paulo), encerrou esta quinta-feira aos 113.681 pontos, com recuo de 0,79%. Esse foi o segundo dia seguido de recuo no indicador.

Nas últimas semanas, o mercado financeiro em todo o mundo tem atravessado turbulências em meio ao receio do impacto do coronavírus sobre a economia global. A interrupção da produção em diversas indústrias da China está afetando as cadeias internacionais de produção. Indústrias de diversos países, inclusive do Brasil, sofrem com a falta de matéria-prima para fabricarem e montarem produtos.

A desaceleração da China também pode fazer o país asiático consumir menos insumos, minérios e produtos agropecuários brasileiros. Uma eventual redução das exportações para o principal parceiro comercial do Brasil reduz a entrada de dólares, pressionando a cotação.

Entre os fatores domésticos que têm provocado a valorização do dólar, está a decisão recente do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central de reduzir a taxa Selic – juros básicos – para 4,25% ao ano, o menor nível da história. Juros mais baixos desestimulam a entrada de capitais estrangeiros no Brasil, também puxando a cotação para cima.

Maiores informações: http://agenciabrasil.ebc.com.br

Categorias
Brasil Congresso Congresso Nacional Governo

Bolsonaro passa o carnaval em base no Guarujá

O presidente Jair Bolsonaro passa o feriado de carnaval no Forte dos Andradas, no Guarujá, litoral paulista. Ele embarcou no início da tarde desta sexta-feira (21) e deve descansar no local até terça-feira (25). O horário de retorno à capital federal ainda não foi informado pela assessoria presidencial.  

A filha Laura acompanha Jair Bolsonaro na viagem. O forte é sede da 1ª Brigada de Artilharia Antiaérea do Exército. O mesmo local foi utilizado pelo presidente, durante o recesso de janeiro, e em outras ocasiões no ano passado, também para períodos de descanso. A unidade militar dá acesso a uma praia privada.

Reforma administrativa

Após o carnaval, a grande expectativa no governo é pelo envio da proposta de reforma administrativa ao Congresso Nacional. Os últimos ajustes no texto estavam sendo feitos pelo próprio presidente.  

Bolsonaro recebeu, na última terça-feira (18), a versão do Ministério da Economia do projeto, que será enviado na forma de proposta de emenda à Constituição (PEC). O texto deve propor o fim da estabilidade automática para futuros servidores públicos. A ideia seria definir um tempo para atingir a estabilidade, de acordo com cada carreira e com uma avaliação de desempenho. 

Outro objetivo da medida seria reduzir o número de carreiras, atualmente em torno de 300, e que os salários para quem entrar na carreira pública passem a ser menores. Todas as mudanças, se forem aprovadas, só serão válidas para os futuros servidores públicos, e não para os atuais.

Maiores informações: http://agenciabrasil.ebc.com.br

Categorias
Brasil Justiça Tribunal

Petroleiros fecham acordo e encerram greve de 20 dias

Representantes da Federação Única dos Petroleiros (FUP) confirmaram, hoje (21), o fim da greve de 20 dias da categoria. O anúncio foi feito após audiência de conciliação com representantes da Petrobras, no gabinete do ministro Ives Gandra Martins Filho, do Tribunal Superior do Trabalho (TST), relator do processo de dissidio coletivo no tribunal.

Além do fim da greve, ficou decidido que metade dos dias parados serão descontados na folha de pagamento e a outra metade serão compensados pelos empregados. As punições administrativas contra os grevistas também deverão ser canceladas pela estatal. Outra reivindicação dos petroleiros foi atendida e a escala de trabalho será elaborada pelos trabalhadores.

A questão das demissões em uma fábrica de fertilizantes da Petrobras no Paraná será discutida em outra reunião, marcada para quinta-feira (27).

Ontem (20), após 20 dias de greve, os petroleiros suspenderam a paralisação e voltaram ao trabalho para aguardar o que seria definido na audiência de conciliação realizada nesta sexta-feira (21).

Greve

A greve foi iniciada em função, segundo os petroleiros, do descumprimento do acordo coletivo pela estatal. Os petroleiros contestavam ainda as demissões anunciadas pela estatal na Araucária Nitrogenados (Ansa), subsidiária da empresa, na cidade de Araucária, Região Metropolitana de Curitiba.

Conhecida como Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados do Paraná (Fafen-PR), a subsidiária deve ser fechada pela Petrobras. Segundo a FUP, a suspensão das atividades vai provocar a demissão de mil trabalhadores.

A estatal alega que após a aquisição da Vale, em 2013, os “resultados da subsidiária demonstram a falta de sustentabilidade do negócio e que sua continuidade operacional não se mostra viável economicamente”. O prejuízo anual é de R$ 400 milhões este ano, segundo a empresa.

Na terça-feira (18), a Justiça do Trabalho em Curitiba suspendeu as demissões dos empregados até 6 de março, quando nova audiência de conciliação será realizada.

A decisão foi tomada durante a primeira audiência do dissídio de greve dos empregados. Diante do impasse, não houve acordo com a empresa e as demissões foram suspensas temporariamente, inclusive as 144 efetivadas.

Um dia antes, na segunda-feira (17), o ministro Ives Gandra Martins considerou ilegal a greve dos petroleiros.

Maiores informações: http://agenciabrasil.ebc.com.br

Categorias
Brasil Nota

Capes anuncia novas regras para bolsas de pós-graduação

Cursos de mestrado e doutorado poderão perder até 10% ou ganhar mais 30% do número de vagas de bolsas de estudo com o modelo unificado de distribuição anunciado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). O novo modelo leva em consideração fatores como o desempenho acadêmico e o Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) do local onde o curso é oferecido. 

Trata-se de um modelo inédito. Esta é a primeira vez que a Capes estabelece regras unificadas para concessão de bolsas de pós-graduação. Em entrevista à Agência Brasil, o ex-presidente da Capes Anderson Ribeiro Correia havia antecipado, no ano passado, detalhes do modelo de distribuição que estava sendo estruturado pela autarquia.

Divulgado pela Capes ontem (20), o modelo será implementado de forma gradativa. As portarias de regulamentação foram publicadas hoje (21) no Diário Oficial da União. 

Os estudantes que já têm bolsas de estudo não serão atingidos. As regras valem apenas para as vagas que não estiverem em uso. As bolsas cuja conclusão da pesquisa está prevista para este ano estarão sujeitas às novas regras.  

Atualmente, as universidades e os programas de pós-graduação podem remanejar a quantidade de bolsas que têm à disposição. Se um bolsista conclui a pesquisa, o valor que ele recebia (bolsa) é repassado para um novo estudante do mesmo programa. Agora, as bolsas serão redistribuídas e aquelas que forem desocupadas serão remanejadas entre as instituições e os programas de acordo com os novos critérios estabelecidos pela Capes. Não irão permanecer necessariamente no mesmo programa.   

Novos critérios

A Capes separou os programas de pós-graduação em três classificações, chamadas de colégios: Ciências da Vida, Humanidades e Ciências Exatas, Tecnológicas e Multidisciplinar. 

Para a distribuição, será considerada a nota obtida pelo curso em avaliações conduzidas pela Capes, de modo que, quanto mais elevada for a nota obtida pelo curso maior será o número de bolsas a que ele terá direito, valorizando o mérito acadêmico.

Será também considerado o número de estudantes concluintes ou titulados por curso, comparando o número médio de titulados, no período de 2015 a 2018, com a média de titulados do colégio ao qual pertence. 

Outro critério a ser levado em consideração será o Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM). No cálculo para a concessão, cursos localizados em cidades com IDHM mais baixo, pontuarão mais do que cursos localizados em cidade com maiores IDHM, o que dará certa vantagem aos municípios com menor IDHM na distribuição das bolsas.  

Limites e valores 

De acordo com portarias publicadas pela Capes, com esses critérios, cursos pior avaliados poderão perder até 10% das bolsas que possuem atualmente. Aqueles melhor avaliados poderão ter um incremento de até 30% no número atual de bolsas. Tratam-se dos cursos com notas 6 e 7 na avaliação da Capes, cuja nota máxima é 7. 

As regras valem para os anos de 2020 e 2021 para os Programa de Demanda Social (DS), Programa de Excelência Acadêmica (PROEX), Programa de Suporte à Pós-Graduação de Instituições de Ensino Particulares (PROSUP) e Programa de Suporte à Pós-Graduação de Instituições Comunitárias de Ensino Superior (PROSUC). 

Por meio deles, a Capes concede 81,4 mil bolsas a estudantes de 5,7 mil cursos de mestrado e doutorado, em todas as unidades da Federação. Atualmente, os bolsistas de mestrado recebem, por mês, R$ 1,5 mil e os de doutorado, R$ 2,2 mil.

Maiores informações: http://agenciabrasil.ebc.com.br

Categorias
Brasil Criança Governo Saúde

Covid-19: Brasil fiscaliza entrada de passageiros de 7 países da Ásia

O Ministério da Saúde decidiu aumentar seu nível de vigilância a respeito de pessoas que voltem da Ásia com sintomas semelhantes ao coronavírus. Até então, pessoas com viagem recente à China e que apresentem febre mais um sintoma respiratório, como tosse, por exemplo, eram tratados como suspeitas de ter o vírus. A partir de hoje (21), a definição de caso suspeito também vale para pessoas que vierem do Japão, Coreia do Sul, Coreia do Norte, Singapura, Vietnã, Tailândia e Camboja e apresentarem sintomas.

A mudança de parâmetro ocorreu por conta de um aumento de 14% no número de casos novos fora da China em apenas um dia. A Coreia do Sul tem 204 casos confirmados, o Japão tem 107 casos, Singapura tem 85, Tailândia tem 35 casos, Vietnã tem 16 e Camboja tem um caso. A Coreia do Norte, apesar de não ter nenhum caso confirmado, também foi incluída na ampliação do ministério, por compor a mesma península que seu vizinho, a Coreia do Sul. No total, são 76.787 casos em todo o mundo, com 2.248 mortes, sendo 2.144 na China, e 18.864 curados. Os dados são da Universidade Johns Hopkins, dos Estados Unidos.

Outra justificativa para a decisão do governo brasileiro é a chegada do carnaval, período em que o fluxo de turistas aumenta no país. Apesar disso, o governo não tem nenhuma recomendação para que as pessoas evitem viajar para esses países. Essa orientação, no entanto, poderá ocorrer caso algum dos países institua regime de quarentena. “Na China estamos vivendo uma situação de quarentena. E por isso recomendamos que não viajasse para lá se não houvesse uma justificativa plausível”, disse o secretário-executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo.

Casos no Brasil

O Brasil tem, atualmente, um caso considerado suspeito. Ontem (20) também havia um caso, de uma criança de 2 anos, de São Paulo. Esse caso foi descartado, mas outro, de uma mulher de 21 anos, do Rio de Janeiro, foi incluído. Ela viajou recentemente à China, a exemplo da maioria dos casos considerados suspeitos. Os exames dessa mulher estão sendo processados e o resultado deve sair em breve.

Quarentena em Anápolis

As 58 pessoas que estão em quarentena em Anápolis (GO), na base aérea da Força Aérea Brasileira (FAB), foram submetidas a mais uma coleta de exames hoje, 14º dia de quarentena. O prazo para o resultado ser conhecido é de 24 horas a 72 horas. “Estamos seguindo padrões internacionais de segurança. A partir de 14 dias, estando clinicamente saudáveis, poderão ser liberados”, disse o secretário de Vigilância em Saúde (SVS) do ministério, Wanderson de Oliveira.

O prazo de 18 dias de quarentena, segundo os representantes do ministério, contemplava justamente a coleta de quatro amostras para exame, sendo a última no 14º dia, tido como o último para que o vírus se manifeste após contágio, e o prazo para o conhecimento do resultado.

“A FAB vai levar as pessoas de volta à sua origem. O Ministério da Defesa vai montar a logística para transportar as pessoas onde elas moram no Brasil. Elas irão em voos da FAB ou aviões comerciais, mas tudo será organizado pelo Ministério da Defesa tão logo os exames estejam prontos e negativos”, explicou Gabbardo.

Maiores informações: http://agenciabrasil.ebc.com.br

Categorias
International

Cuentas externas: déficit de US$ 11,8 mil millones en enero

Las cuentas externas, es decir, las compras y ventas de bienes y servicios, incluidas las transferencias de ingresos de Brasil a otros países, registraron un saldo negativo de US$ 11.879 millones en enero. Según ha informado hoy (21) el Banco Central, fue el más alto déficit para el mes desde 2015. También hubo un aumento respecto al déficit del mismo período del año pasado, que fue de US$ 9.045 millones.

La cifra se debió al saldo negativo de US$ 2.563 mil millones en la balanza comercial (exportaciones e importaciones de bienes). En enero de 2019, el intercambio de mercancías con países extranjeros fue positivo en US$ 1.056 mil millones.

El jefe del Departamento de Estadística del Banco Central, Fernando Rocha, informó que el resultado de la balanza comercial fue impactado por la caída del 19,5% en las exportaciones de bienes, que totalizaron US$ 14.501 mil millones en enero de 2020, frente a los US$ 18.023 mil millones en el mismo mes de 2019. Según él, las exportaciones son generalmente más bajas en enero, pero este año fueron se vieron afectadas por la crisis argentina, que redujo la demanda de manufacturas brasileñas, por las consecuencias de la rotura de una presa de relaves minerales en Brumadinho y por la desaceleración de economía china.

Rocha también dijo que no hay suficientes datos para confirmar que el coronavirus esté afectando las exportaciones brasileñas, pero hay indicios de que esto se debe a la expansión de las vacaciones en China y al cierre de fábricas. “Todavía no tenemos informaciones para comprobar o refutar esta hipótesis. Es probable que haya siso una disminución en la demanda china”, dijo.

mca_abr_10071918653
En enero, la inversión directa en el país –la mejor forma de financiar el saldo negativo en las transacciones corrientes– alcanzó los US$ 5.618 mil millones – Marcello Casal JrAgência Brasil

Inversión extranjera

En enero, la inversión directa en el país –la mejor forma de financiar el saldo negativo en las transacciones corrientes– alcanzó los US$ 5.618 mil millones, frente a los US$ 5.828 mil millones en el mismo mes del año pasado.

El mes pasado, esta inversión no fue suficiente para cubrir el déficit en transacciones corrientes, pero Rocha afirmó que la mejor manera de hacer esta comparación es con períodos más largos. En 12 meses, señaló el experto, la inversión alcanzó los US$ 78,4 mil millones (4,26% del Producto Interno Bruto), mientras que el déficit en transacciones corrientes fue de US$ 52,3 mil millones (2,85% del PIB).

“Las inversiones directas aún superan con creces las transacciones corrientes y garantizan un financiamiento estable para la balanza de pagos”, dijo. Rocha explicó que estas inversiones son importantes para el país porque contribuyen a expandir la capacidad productiva y mejoran la eficiencia.

Para febrero, se pronostica que alcanzarán los US$ 6,1 mil millones y que el déficit en transacciones corrientes deberá ser de US$ 4 mil millones.

Maiores informações: http://agenciabrasil.ebc.com.br

Categorias
Brasil Justiça

Corpo do ex-PM Adriano é liberado para sepultamento após segundo exame

O corpo do ex-policial militar Adriano da Nóbrega foi liberado, nesta sexta-feira (21), pela Polícia Civil, para sepultamento. A liberação só foi possível após a segunda perícia, realizada na noite de quinta-feira (20), no Instituto Médico Legal do Rio de Janeiro (IML-RJ), por ordem da Justiça da Bahia.

O novo exame não apontou sinais evidentes de tortura, segundo o médico legista Talvane de Moraes, que acompanhou a necrópsia como convidado dos legistas contratados pela família de Adriano, Francisco Moraes Silva e Ari Fontana, que vieram do Paraná.

Novos exames laboratoriais serão feitos para complementar o laudo, que deverá ser apresentado à Justiça baiana em 15 dias.

Além dos peritos do IML do Rio, estiveram presentes duas advogadas da família, uma irmã de Adriano e um representante do Ministério Público da Bahia. O procedimento começou às 16h30 e se estendeu até as 21h.

O novo exame foi determinado pelo juiz da comarca de Esplanada (BA), Augusto Yuzo Jouti, que atendeu pedidos do MP da Bahia e de familiares do ex-policial, morto no último dia 9 de fevereiro, em confronto com policiais baianos.

Maiores informações: http://agenciabrasil.ebc.com.br

Categorias
Brasil Nota Saúde

Defensoria, MP e Cedae divergem sobre indenização por crise na água

Após cinco reuniões, a Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro e o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro não chegaram a um acordo com a Companhia Estadual de Águas e Esgotos (Cedae) de como deve ser a indenização aos consumidores da Região Metropolitana do Rio de Janeiro que receberam água com gosto e cheiro de terra desde o início de 2020. Com o fim da negociação, a Defensoria e o MP ingressaram com uma ação civil pública ontem (20) para exigir um desconto mínimo de 70% na conta de água das pessoas afetadas pela crise de abastecimento.

Os órgãos fixaram a indenização devida pela companhia estadual em cerca de R$ 560 milhões, o que seria equivalente a pouco mais de R$ 62 para cada uma das 9 milhões de pessoas abastecidas pela Estação de Tratamento do Guandu.

A Cedae, entretanto, questiona a utilização desse número, e fundamenta sua proposta de indenização afirmando que há 900 mil ligações atendidas pela Estação de Tratamento do Guandu. A companhia propõe que a indenização seja a metade de seu faturamento mensal, o que equivaleria a R$ 75 milhões – com um desconto de 50% em cada conta de água.

Proposta irrisória

Para Defensoria e o Ministério Público, a proposta é irrisória, e representaria o pagamento de apenas R$ 8 a cada uma das 9 milhões de pessoas que receberam a água com alterações. Já a Cedae alega que, como são apenas 900 mil ligações, o desconto médio por conta de água vai chegar a R$ 83.

Para fundamentar o número de 9 milhões de pessoas atendidas pela ETA Guandu, a Ação Civil Pública cita uma nota técnica divulgada por pesquisadores da Universidade Federal do Rio de Janeiro e uma apresentação do ex-presidente da Cedae Hélio Cabral, na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro.

“Importante frisar que uma mesma ligação em um prédio ou conjunto habitacional, por exemplo, pode atender centenas de pessoas. Por esta razão, entendemos por justo que o cálculo seja feito individualmente”, ponderou a Defensoria Pública em nota distribuída hoje (21) à imprensa. Já a Cedae disse, também por meio de nota, que os cálculos apresentados pela Defensoria “continham graves incorreções, por desconhecimento da realidade da companhia, inviabilizando, assim, o acordo”.

O gosto e o cheiro de terra na água fornecida pela Cedae foram causados pela presença de geosmina, uma substância produzida por algas, que não é considerada prejudicial à saúde, segundo a companhia estadual. Apesar disso, o incomodo gerou uma corrida aos supermercados para a compra de água mineral, e elevou os preços do produto na região metropolitana.

Maiores informações: http://agenciabrasil.ebc.com.br

Categorias
Brasil Classificados Nota

Dyun Kimura: de desconhecido a postulante a vaga olímpica de karatê

Estrear junto com a modalidade no programa olímpico já seria especial para qualquer karateca. Mas fazer isso justamente na casa dos fundadores do esporte, o Japão, deixa a ocasião ainda mais marcante. É claro que esse é o sonho do paulista Dyun Kimura. ” Antes, o nosso esporte não era tão profissional. Agora todo mundo quer melhorar, evoluir. O pessoal procura uma nutricionista, um preparador físico uma psicóloga, treinar com os melhores … Tudo para estar lá. Eu também estou nesse grupo”, diz.

E todo esse trabalho já trouxe frutos para o paulista, que disputa as competições no “kata” (espécie de luta contra um adversário imaginário). Ele foi a maior surpresa das Seletivas à Seleção Brasileira e para o Pré-Olímpico realizadas em São Paulo recentemente.

“Na Seleção Brasileira, só entrava o melhor da seletiva. Mas, os dois primeiros iriam para a outra classificatória, “a Pré-olímpica”. Antes mesmo da primeira final, eu já estava super feliz. E quando vi a minha nota, foi aquela festa. Ninguém me conhecia. E, do nada, eu era da Seleção Brasileira. Depois, na briga pela vaga no Pré-Olímpico, eu, sinceramente, não imaginava que seria tão fácil. Vim “por fora” e os outros nem me viram”, lembra Dyun Kimura.

Rogério Saito, técnico da Federação Paulista de Karatê, reconhece que os resultados vieram mais rápido do que o esperado, mas agora que o atleta chegou, é possível sonhar. ” Não posso dizer que não surpreendeu. O trabalho vem sendo feito há bastante tempo. Mas esses resultados anteciparam o nosso cronograma de preparação. Aquilo que estava previsto para o próximo ciclo de competições internacionais, que era um training camp no exterior, nós vamos antecipar para o mês que vem. O Dyun vai ficar em torno de 21 dias lá no Japão fazendo uma imersão com os melhores atletas do mundo. A intensão é colocá-lo mais próximo dos melhores e do ambiente olímpico. Estão deixando a gente sonhar. Agora queremos a vaga olímpica”, completa.

O Pré-Olímpico será entre os dias oito e 10 de maio, em Paris, com três vagas em jogo por categoria. “É praticamente a última chance de todo mundo sem o ranking internacional. Por estar fora da Seleção, até agora, eu não viajo o mundo participando das etapas do circuito. Então, como não estou com o nome no ranking da Federação Mundial de Karatê, preciso ir até Paris e ficar entre os três melhores para conseguir essa vaga”, explica o lutador.

Demais classificados na seletiva

No Kata Feminino, a vaga ficou com Nicole Motta, que já é titular da Seleção Brasileira. No Kumitê, que é a luta propriamente dita, a regra é um pouco diferente. Mesmo classificados na seletiva, os atletas precisam aguardar até o fechamento do ranking mundial de abril. Se algum outro brasileiro, estiver à frente e entre os 30 primeiros do mundo, ele assume automaticamente essa vaga. É o caso da Sabrina Pereira, que venceu a final contra Érica Santos, na categoria “até 61 kg”. Ela só irá a Paris se Stephanie Trevisan, perder a sua posição entre as trinta melhores do mundo.

“Acima de 61 kg”, a melhor foi Brenda Padilha. Entre os homens, o maior campeão do Karatê nacional, Douglas Brose (bicampeão mundial na categoria “até 60 kg”) disputou a seletiva “até 75 kg” e foi campeão. A ideia do lutador foi se garantir no Pré-Olímpico, já que no seu peso habitual (“até 60 kg”), Brose precisa ultrapassar o também brasileiro Vinícius Figueira para à França. Nesse caso, Alisson Sobrinho, vice-campeão “até 75 kg” brigará pela vaga em Tóquio no Torneio da capital francesa.

Fechando os classificados da seletiva brasileira, Filipe Alberto (“acima de 75 kg”) também superou alguns favoritos como Adam Ramos e Diego Moraes e está “com um pé” no Pré-Olímpico .

Sistema de classificação para Tóquio

O karatê será dividido em quatro categorias diferentes. O kumite (que é a luta propriamente dita) terá as cinco categorias disputadas nos outros eventos transformadas em três. E será disputado também o kata (espécie de luta contra um adversário fictício), competição que não tem divisões por peso.

Os lutadores do Kumite serão divididos da seguinte forma: “até 67 kg” (que une as tradicionais “até 60 kg” e “até 67 kg”), “até 75 kg” e “acima de 75 kg” (que vai unir a “até 84 kg” e “acima de 84 kg”). O torneio do kumite feminino terá três categorias: “até 55 kg” (integrando as “abaixo de 50 kg” e “menos de 55 kg”), “menos de 61 kg” e “acima de 61 kg” (juntando “até 68 kg” e “acima de 68 kg”).

Cada categoria terá 10 lutadores, com o limite de um por país por categoria (totalizando no máximo 8 atletas no geral). O Japão, anfitrião, tem direito a uma vaga em cada categoria. Serão quatro as possibildiades de classificação:

1 – Ranking olímpico:

Diferentemente do ranking internacional, para essa lista valem apenas as competições indicadas pela Federação Mundial de Karatê. Em cada uma das categorias, os quatro melhores, no dia 6 de abril, estarão garantidos (respeitando o limite de um por país).

2- Torneio classificatório de Paris (de 8 a 10 de maio):

Cada país pode ter um atleta por categoria (desde que o país já não tenha classificado algum atleta pela regra anterior). Serão três vagas em cada categoria.

3 – Torneios continentais:

Com um total de 12 vagas (6 para o masculino e 6 para o feminino). A escolha dos lutadores nesse critério é bastante complexa. Os campeões continentais melhor colocados na classificação internacional vão brigar pelas vagas (independentemente da categoria) desde que os seus países já não tenham outro atleta na mesma categoria. Se todos os campeões já estiverem classificados (ou se os países já tiverem representantes), os medalhistas de prata concorrerão pelas vagas. E depois, os medalhistas de bronze.

Sempre respeitando a ordem determinada pela Federação Mundial de Karatê: a Oceania é a primeira Federação a poder pegar uma vaga (uma no masculino e uma no feminino); na sequência, duas vagas (uma em cada gênero) para os africanos; duas vagas (uma em cada gênero) para a Federação Pan-Americana, duas vagas (uma em cada gênero) para os asiáticos; duas vagas (uma em cada gênero) para a Federação Europeia, uma vaga (para qualquer um dos gêneros) para a Federação Africana e uma vaga para a Federação Pan-Americana (essa vaga será do gênero oposto da vaga anterior dada à federação africana). Vale lembrar que Valéria Kumizaki, da categoria até 55 kg, foi campeã dos Jogos de Lima e é uma forte candidata a pegar umas das vagas das Américas.

4 – Convite:

Depois de todas as vagas anteriores preenchidas, serão oferecidas outras quatro vagas (duas no masculino e duas no feminino). As respectivas federações nacionais devem fazer os requerimentos para seus atletas. E o Comitê Olímpico Internacional definirá os escolhidos.

Maiores informações: http://agenciabrasil.ebc.com.br

Categorias
Brasil Classificados Nota

Dyun Kimura: de desconhecido a postulante a vaga olímpica

Estrear junto com a modalidade no programa olímpico já seria especial para qualquer karateca. Mas fazer isso justamente na casa dos fundadores do esporte, o Japão, deixa a ocasião ainda mais marcante. É claro que esse é o sonho do paulista Dyun Kimura. ” Antes, o nosso esporte não era tão profissional. Agora todo mundo quer melhorar, evoluir. O pessoal procura uma nutricionista, um preparador físico uma psicóloga, treinar com os melhores … Tudo para estar lá. Eu também estou nesse grupo”, diz.

E todo esse trabalho já trouxe frutos para o paulista, que disputa as competições no “kata” (espécie de luta contra um adversário imaginário). Ele foi a maior surpresa das Seletivas à Seleção Brasileira e para o Pré-Olímpico realizadas em São Paulo recentemente.

“Na Seleção Brasileira, só entrava o melhor da seletiva. Mas, os dois primeiros iriam para a outra classificatória, “a Pré-olímpica”. Antes mesmo da primeira final, eu já estava super feliz. E quando vi a minha nota, foi aquela festa. Ninguém me conhecia. E, do nada, eu era da Seleção Brasileira. Depois, na briga pela vaga no Pré-Olímpico, eu, sinceramente, não imaginava que seria tão fácil. Vim “por fora” e os outros nem me viram”, lembra Dyun Kimura.

Rogério Saito, técnico da Federação Paulista de Karatê, reconhece que os resultados vieram mais rápido do que o esperado, mas agora que o atleta chegou, é possível sonhar. ” Não posso dizer que não surpreendeu. O trabalho vem sendo feito há bastante tempo. Mas esses resultados anteciparam o nosso cronograma de preparação. Aquilo que estava previsto para o próximo ciclo de competições internacionais, que era um training camp no exterior, nós vamos antecipar para o mês que vem. O Dyun vai ficar em torno de 21 dias lá no Japão fazendo uma imersão com os melhores atletas do mundo. A intensão é colocá-lo mais próximo dos melhores e do ambiente olímpico. Estão deixando a gente sonhar. Agora queremos a vaga olímpica”, completa.

O Pré-Olímpico será entre os dias oito e 10 de maio, em Paris, com três vagas em jogo por categoria. “É praticamente a última chance de todo mundo sem o ranking internacional. Por estar fora da Seleção, até agora, eu não viajo o mundo participando das etapas do circuito. Então, como não estou com o nome no ranking da Federação Mundial de Karatê, preciso ir até Paris e ficar entre os três melhores para conseguir essa vaga”, explica o lutador.

Demais classificados na seletiva

No Kata Feminino, a vaga ficou com Nicole Motta, que já é titular da Seleção Brasileira. No Kumitê, que é a luta propriamente dita, a regra é um pouco diferente. Mesmo classificados na seletiva, os atletas precisam aguardar até o fechamento do ranking mundial de abril. Se algum outro brasileiro, estiver à frente e entre os 30 primeiros do mundo, ele assume automaticamente essa vaga. É o caso da Sabrina Pereira, que venceu a final contra Érica Santos, na categoria “até 61 kg”. Ela só irá a Paris se Stephanie Trevisan, perder a sua posição entre as trinta melhores do mundo.

“Acima de 61 kg”, a melhor foi Brenda Padilha. Entre os homens, o maior campeão do Karatê nacional, Douglas Brose (bicampeão mundial na categoria “até 60 kg”) disputou a seletiva “até 75 kg” e foi campeão. A ideia do lutador foi se garantir no Pré-Olímpico, já que no seu peso habitual (“até 60 kg”), Brose precisa ultrapassar o também brasileiro Vinícius Figueira para à França. Nesse caso, Alisson Sobrinho, vice-campeão “até 75 kg” brigará pela vaga em Tóquio no Torneio da capital francesa.

Fechando os classificados da seletiva brasileira, Filipe Alberto (“acima de 75 kg”) também superou alguns favoritos como Adam Ramos e Diego Moraes e está “com um pé” no Pré-Olímpico .

Sistema de classificação para Tóquio

O karatê será dividido em quatro categorias diferentes. O kumite (que é a luta propriamente dita) terá as cinco categorias disputadas nos outros eventos transformadas em três. E será disputado também o kata (espécie de luta contra um adversário fictício), competição que não tem divisões por peso.

Os lutadores do Kumite serão divididos da seguinte forma: “até 67 kg” (que une as tradicionais “até 60 kg” e “até 67 kg”), “até 75 kg” e “acima de 75 kg” (que vai unir a “até 84 kg” e “acima de 84 kg”). O torneio do kumite feminino terá três categorias: “até 55 kg” (integrando as “abaixo de 50 kg” e “menos de 55 kg”), “menos de 61 kg” e “acima de 61 kg” (juntando “até 68 kg” e “acima de 68 kg”).

Cada categoria terá 10 lutadores, com o limite de um por país por categoria (totalizando no máximo 8 atletas no geral). O Japão, anfitrião, tem direito a uma vaga em cada categoria. Serão quatro as possibildiades de classificação:

1 – Ranking olímpico:

Diferentemente do ranking internacional, para essa lista valem apenas as competições indicadas pela Federação Mundial de Karatê. Em cada uma das categorias, os quatro melhores, no dia 6 de abril, estarão garantidos (respeitando o limite de um por país).

2- Torneio classificatório de Paris (de 8 a 10 de maio):

Cada país pode ter um atleta por categoria (desde que o país já não tenha classificado algum atleta pela regra anterior). Serão três vagas em cada categoria.

3 – Torneios continentais:

Com um total de 12 vagas (6 para o masculino e 6 para o feminino). A escolha dos lutadores nesse critério é bastante complexa. Os campeões continentais melhor colocados na classificação internacional vão brigar pelas vagas (independentemente da categoria) desde que os seus países já não tenham outro atleta na mesma categoria. Se todos os campeões já estiverem classificados (ou se os países já tiverem representantes), os medalhistas de prata concorrerão pelas vagas. E depois, os medalhistas de bronze.

Sempre respeitando a ordem determinada pela Federação Mundial de Karatê: a Oceania é a primeira Federação a poder pegar uma vaga (uma no masculino e uma no feminino); na sequência, duas vagas (uma em cada gênero) para os africanos; duas vagas (uma em cada gênero) para a Federação Pan-Americana, duas vagas (uma em cada gênero) para os asiáticos; duas vagas (uma em cada gênero) para a Federação Europeia, uma vaga (para qualquer um dos gêneros) para a Federação Africana e uma vaga para a Federação Pan-Americana (essa vaga será do gênero oposto da vaga anterior dada à federação africana). Vale lembrar que Valéria Kumizaki, da categoria até 55 kg, foi campeã dos Jogos de Lima e é uma forte candidata a pegar umas das vagas das Américas.

4 – Convite:

Depois de todas as vagas anteriores preenchidas, serão oferecidas outras quatro vagas (duas no masculino e duas no feminino). As respectivas federações nacionais devem fazer os requerimentos para seus atletas. E o Comitê Olímpico Internacional definirá os escolhidos.

Maiores informações: http://agenciabrasil.ebc.com.br

Categorias
Brasil

Ipea prevê crescimento maior do PIB do setor agropecuário

O Produto Interno Bruto (PIB) do setor agropecuário no país deve apresentar crescimento maior do que o previsto para 2020. A estimativa é do Instituto do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), que revisou as previsões para este ano.

De acordo com estudo divulgado hoje (21), para 2020 o PIB do setor deve ter alta que de 3,4% a 4,15, com base em projeções do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). A estimativa anterior do Ipea era de crescimento de 3,2% a 3,7%, respectivamente.

De acordo com o Ipea, a alta nos cenários para a safra 2019/2020 representa forte aceleração da atividade do setor em relação ao ano passado, quando o crescimento foi de 0,7%, de acordo com a estimativa do instituto. Segundo o estudo, nos dois cenários, o componente que mais deve contribuir positivamente para esse resultado é a lavoura. A estimativa é que a lavoura cresça acima de 3,9% devido principalmente ao crescimento esperado nas produções de soja e café.

No caso da soja, que é o de maior peso na lavoura, as previsões indicam que a produção deste segmento deve crescer entre 7,1% (segundo a Conab) e 8,7% (de acordo com o IBGE). Aliado a isso, é esperada uma alta de dois dígitos na produção de café, 13,1%.

Para a pecuária, as estimativas indicam um crescimento de 3,5% neste ano. O destaque fica com a produção de suínos, com alta de 4,5%. O segmento de bovinos deve apresentar crescimento de 3,5% e a de aves, 2,1%.

Coronavírus

O Ipea chama a atenção para a possibilidade de um efeito da epidemia de coronavírus na China sobre a demanda por produtos agropecuários, apesar do efeito esperado não ser significativo sobre a produção de soja devido ao fato de a cultura já ter iniciado a colheita. No caso da carne bovina, que possui uma produção mais dinâmica, o impacto potencial pode ser maior. A soja, ao lado da carne, é um dos principais itens na pauta de exportações para a China.

“Os problemas enfrentados atualmente pela China, como a implementação de quarentena em diversas cidades e as dificuldades de armazenamento dos contêineres refrigerados nos portos chineses, acarretam dificuldade para a circulação de mercadorias. Apesar das exportações do produto continuarem crescendo, a incerteza em relação ao mercado asiático pode ter sido um dos fatores que contribuiu negativamente para a queda dos preços do boi gordo nos mercados futuros”, diz o estudo.

Para o diretor de Estudos e Políticas Macroeconômicas do Ipea, José Ronaldo de Castro Souza Júnior, a epidemia do coronavírus pode afetar o PIB do setor. “Os efeitos econômicos do coronavírus podem representar um risco para as projeções do PIB agropecuário, uma vez que a demanda externa por carnes e, por consequência, a produção interna podem ser afetadas”, disse o diretor para quem um possível efeito negativo não deve recair sobre a produção da carne suína para a exportação devido a China ainda sofrer as consequências da peste suína africana sobre seus rebanhos.

O estudo aponta ainda o recente acordo Estados Unidos-China como outro fator que pode afetar o PIB agropecuário, especialmente no que diz respeito à soja. Além da soja ser o principal produto agroindustrial exportado pelo Brasil, o país é o maior exportador mundial, com participação crescente no mercado internacional. Esse crescimento vem ocorrendo não só pelo aumento da produção, mas também pela guerra comercial entre os Estados Unidos e a China, que tirou os americanos da liderança.

Quase 90% da soja importada pela China é proveniente dos EUA (35%) e Brasil (55%). O acordo prevê um aumento de 192% das importações de soja dos EUA para a China em 2020 e de 258% em 2021 (na comparação com 2019).

“Essa meta é claramente inviável, pois representaria um volume maior do que toda a soja produzida nos Estados Unidos atualmente. Ainda assim, haverá uma pressão muito forte no sentido de ampliar fortemente as exportações de soja norte-americanas para a China, certamente deslocando os principais fornecedores. Por se tratar de uma commodity, é sempre possível realocar a oferta brasileira para outros mercados que deixariam de ser atendidos pela soja dos EUA – com todas as dificuldades de redefinições logísticas e contratuais envolvidas)”, diz o Ipea.

Maiores informações: http://agenciabrasil.ebc.com.br

Categorias
Brasil Emprego Governo Nota

Militares das Forças Armadas fazem policiamento nas ruas de Fortaleza

Os militares das Forças Armadas e já atuam no policiamento nas ruas e avenidas de Fortaleza. A presença de tropas federais foi uma solicitação do governador Camilo Santana ao governo federal, que decretou a Garantia da Lei e da Ordem (GLO) no Ceará.

“Acabo de receber telefonema do ministro da Secretaria de Governo da Presidência da República, general Luiz Eduardo Ramos, informando que o presidente acaba de atender a nossa solicitação autorizando o emprego das Forças Armadas para a Garantia da Lei e da Ordem (GLO) no Estado do Ceará”, publicou em suas redes sociais o governador.

Segundo Camilo Santana, a solicitação foi feita por meio do ofício nº 58/2020. “Já havia sido autorizada também a presença da Força Nacional, aqui no estado, para atuar em conjunto com nossas forças de segurança. Todo o esforço será feito para garantir a proteção dos nossos irmãos e irmãs cearenses. Agradeço ao presidente Jair Bolsonaro pelo apoio do governo federal neste momento”.

A GLO foi estabelecida em cumprimento ao Decreto nº 10.251, de 20 de fevereiro de 2020, envolvendo o emprego de efetivos das Forças Armadas e dos órgãos de segurança pública federais, estaduais e municipais, segundo nota do Ministério da Defesa.

“A operação tem por finalidade a preservação da ordem pública e a incolumidade das pessoas e do patrimônio, contribuindo para o restabelecimento das condições de normalidade no Estado do Ceara?, com foco no município de Fortaleza. Por meio de atividades de patrulhamento ostensivo, com revista de veículos e pessoas, e utilização das medidas necessárias para o êxito da operação”, informou o ministério.

Força Nacional de Segurança Pública já atua em apoio às forças de segurança do Ceará
Força Nacional de Segurança Pública já atua em apoio às forças de segurança do Ceará – Divulgação: Secretaria de Segurança Pública do Ceará

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Estado do Ceará disse, por meio de nota, que tem priorizado as ações na proteção da população cearense para “restabelecer a ordem pública evitando atos de vandalismo e outras condutas de insubordinação por parte de militares no Ceará”. Até o momento, quatro policiais militares estão presos e vão responder por atos criminosos.

Inquéritos

A Polícia Civil informou que até essa quinta-feira (20), pelo menos 300 Inquéritos Policial Militar (IPM) haviam sindo instaurados na Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública e Sistema Penitenciário para investigar atos de indisciplina e vandalismo. “Todos os investigados sofrerão as punições previstas em lei e serão excluídos da folha de pagamento deste mês pela Secretaria de Planejamento e Gestão. Os militares que abandonarem o serviço sofrerão as mesmas sanções”.

Carnaval

Algumas cidades do ceará, entre elas, Milagres, Forquilha, Canindé e Paracuru, as prefeituras anunciaram a suspensão dos eventos carnavalescos. Os prefeitos alegam a falta de segurança por causa da paralisação dos policiais militares.

 

Maiores informações: http://agenciabrasil.ebc.com.br

Categorias
Brasil

Carnaval do Rio tem previsão de chuva e calor ameno

Depois de uma semana em que os termômetros passaram dos 40 graus, os cariocas vão encontrar temperaturas mais amenas no Carnaval. A previsão do serviço de meteorologia da prefeitura do Rio de Janeiro, Alerta Rio, é de que as máximas na cidade caiam de 36 graus hoje (21) para 30 amanhã (20).

Domingo e segunda, as máximas ficam abaixo de 30 graus, e, na terça-feira, os termômetros podem marcar até 33 graus.

O motivo é a passagem de uma frente fria, que vai trazer tempo nublado e chuva para a folia na capital. Entre a tarde de hoje e a manhã de sábado, a previsão é de que a chuva seja de moderada a forte, acompanhada de vento que também pode ser forte.

A previsão de chuva inclui a madrugada de hoje, quando o sambódromo receberá a primeira noite de desfiles das escolas de samba da Série A. Entre a noite de sábado e a madrugada de domingo, o sambódromo também pode ter desfiles da Série A sob chuva, que não deve ser forte. Para as madrugadas de segunda e terça, quando passam pela Sapucaí as escolas do Grupo Especial, ainda não há previsão de chuva.

O Instituto Nacional de Meteorologia também prevê temperaturas mais amenas na capital e avalia que a situação deve ser parecida em outras partes do estado, como a Região dos Lagos, a Costa Verde, o Médio Paraíba e a Região Serrana.

Assim como na capital, a previsão para o interior é de que as chuvas mais fortes devem ocorrer entre sexta e sábado, diminuindo de intensidade no domingo.

Maiores informações: http://agenciabrasil.ebc.com.br

Categorias
International World

Río de Janeiro espera recibir 1,9 millones de turistas en el Carnaval

El gobierno de Río de Janeiro espera que 1,9 millones de turistas visiten la ciudad durante los festejos Carnaval este año. En total, incluidos los residentes de otras ciudades del estado y los turistas nacionales y extranjeros, alrededor de 7 millones de personas participarán en las fiestas, lo que generará un movimiento económico de más de US$ 11 millones en el municipio.

Datos previos recién divulgados indican un 89% de ocupación hotelera. En el sur de la ciudad, donde se encuentran los hoteles más buscados, el 95% de las habitaciones ya están reservadas. En la víspera de Año Nuevo, se registró cerca del 100% de ocupación.

La mayoría de los huéspedes (77%) son brasileños procedentes de São Paulo, Minas Gerais y del estado de Río de Janeiro. Los extranjeros representan el 23% de las reservas, lideradas por argentinos y chilenos.

En el interior del estado, se estima una ocupación del 81% durante el carnaval con base en las reservas confirmadas hasta ahora.

Transatlánticos

Cuatro barcos atracarán en el muelle Mauá el próximo sábado (22) con cerca de 12 mil juerguistas. Se tiene previsto que los turistas inyecten más de US$ 8 millones en la economía de la ciudad durante la semana de Carnaval.

Alexandre Gomes, gerente de operaciones del muelle informó que entre este viernes (21) y el próximo martes (25), más de 27 mil turistas desembarcarán en Río en nueve transatlánticos, cinco de ellos internacionales, lo que supone el mayor número de buques internacionales de los últimos 20 años. Un grupo de bailarines y músicos de samba recibirán a los turistas.

Logística

Para que todo salga bien durante ese período de fiestas, recalcó Gomes, se ha implantado toda una logística de seguridad en colaboración con varios cuerpos policiales. Agregó que desde la inauguración del Bulevar Olímpico en 2016 no se ha registrado ningún robo o hurto en los alrededores del puerto, que fue elegido siete veces por la organización World Travel Awards como la mejor terminal de pasajeros de América Latina.

Maiores informações: http://agenciabrasil.ebc.com.br

Categorias
Brasil Rodovias

CCR vence leilão de concessão do trecho sul da BR-101

O Grupo CCR venceu o leilão de concessão do trecho sul da BR-101, em Santa Catarina. O grupo ofereceu a menor tarifa de pedágio, R$ 1,97012, com 62,04% de deságio sobre a tarifa máxima de R$ 5,19.

Foram concedidos 220 quilômetros entre os municípios de Paulo Lopes (SC) e a divisa com o estado do Rio Grande do Sul.

O primeiro leilão de rodovias deste ano foi realizado nesta sexta-feira (21)na B3, Bolsa de Valores, em São Paulo, e durou pouco mais de 20 minutos.

Foram apresentadas três propostas. As outras duas foram a do Consórcio Way-101, que ofereceu R$ 4,35985 de tarifa, com deságio de 16% e a da EcoRodovias, que apresentou tarifa de R$ 2,51016, com 51,63% de deságio.

O ministro da Infraestrtura, Tarcíso de Freitas, presente no leilão, junto com diretores da CCR, bateu o martelo em favor da CCR ao fim do certame.

Maiores informações: http://agenciabrasil.ebc.com.br

Categorias
Brasil

Vaga e R$ 3 milhões em prêmios: Brusque curte fase na Copa do Brasil

Promovido à Série C do Campeonato Brasileiro, campeão da Série D, vivendo momento único em sua história, o Brusque acrescentou mais um feito à trajetória: alcançar, pela primeira vez, a terceira fase da Copa do Brasil. E foi com estilo: goleada por 5 a 1 para cima do Remo.

Além da vitória da quinta-feira (20), o Brusque comemora a premiação de R$ 1,5 milhão pela classificação à próxima etapa. Até agora, o clube já embolsou mais de R$ 3 milhões via Copa do Brasil – antes, foram R$ 540 mil pela participação e R$ 650 mil por passar à segunda fase, superando o Sport. Os recursos recebidos são fundamentais para a manutenção do time, da comissão técnica, dos funcionários e do aluguel de estádio, por exemplo, na sequência da temporada.

Thiago Alagoano (2), Airton, Edu e Neguete (contra) marcaram para o atual líder do Campeonato Catarinense, enquanto Giovane Gomez diminuiu para o clube de Belém no Estádio Augusto Bauer, em Brusque (SC). O time da casa ainda perdeu um pênalti, defendido por Vinícius – que, durante os 90 minutos, evitou uma derrota pior do Leão, terceiro colocado no Campeonato Paraense.

Os catarinenses, na inédita participação na terceira fase, terão pela frente Brasil de Pelotas ou Manaus – a quem, aliás, superaram na final da Série D. Gaúchos e amazonenses jogam no dia 4 de março, uma quarta-feira, em Pelotas (RS).

Maiores informações: http://agenciabrasil.ebc.com.br